quarta-feira, 29 de junho de 2011

A HISTÓRIA DE PINGO DE CHUVA


Na Educação Infantil as historias despertam o interesse dos alunos pelo assunto, sendo assim, eu escrevi esta pequena história para falar sobre os estados físicos da água.

A HISTÓRIA DE PINGO DE CHUVA
Mari Rodrigues
          Vou lhes contar a história, de uma pequena gota de água, chamada Pingo de Chuva que junto com outras gotinhas, formavam as águas de um lindo lago.
          Certo dia, o sol com o seu calor, aqueceu as águas do lago e Pingo de Chuva e suas amiguinhas sentiram muito calor. Elas não sabiam, mas estavam absorvendo o calor do sol.
Estava tão quente, mas tão quente, que de repente Pingo de Chuva começou a se sentir mais leve. Olhou para baixo, e viu que estava voando.
Maravilhado com o que estava acontecendo, Pingo de Chuva olhou ao seu redor e viu outras gotinhas que também subiam, desordenadamente. As pequenas gotas de água estavam agora no estado gasoso, o calor do sol fez com que elas se transformassem em vapor.
Elas subiram alto, bem alto, e lá, bem longe, onde não se podia mais vê-las, elas se juntaram a outras gotinhas e formaram as nuvens.
Então veio o vento e soprou bem forte, e a nuvem começou a viajar por diversos lugares. Pingo de Chuva observava tudo lá de cima encantada, ela nunca havia visto tantos lagos, rios e mares com uma imensa quantidade de gotinhas juntas.
Tudo estava indo bem, até que ele começou a sentir saudade da terra. Ela se lembrava do lago, dos peixes e do sol e se entristecia, e às vezes até chorava.
Porém sua tristeza durou pouco, pois um belo dia, a nuvem de Pingo de Chuva encontrou uma frente de ar frio. E com o frio, a nuvem liberou calor e algumas gotinhas se desprenderam e caíram sobre a terra em forma de chuva.
É claro que Pingo de Chuva também veio para a terra com elas, agora ela estava novamente no estado líquido da água.
Pingo de Chuva e outras gotinhas caíram no alto de uma montanha, lá estava muito, muito frio. Pingo de Chuva e as outras gotinhas ficaram bem juntinhas, então formaram a água em estado sólido.
No dia seguinte, o sol brilhou, e o seu calor fez com que as gotinhas se agitassem e novamente voltassem a ser água líquida.
Pingo de Chuva e as outras gotinhas correram pela montanha até encontrarem um rio, cheinho de gotinhas de água transparente. Rapidamente, todas lançaram-se nas águas e seguiram cantarolando felizes rumo ao mar.
Atualmente, Pingo de Chuva vive no mar, lá ela conheceu muitas outras gotinhas, peixinhos e uma porção de animais e plantas que vivem no fundo do mar. Mas um dia, ela espera novamente subir e iniciar uma nova viagem, cheinha de aventuras.
FIM!

Nenhum comentário:

Postar um comentário